27/09/2016

Ponto Crochê Baixíssimo com Pérolas







Meus amores, ameiii fazer este ponto de crochê com pérolas, muito lindo para aplicar em calçados, 
detalhes em bolsas, bolsos de blusas, detalhes em roupas como, mangas, decotes, alças e outros. Espero que gostem ...

26/09/2016

Havaianas Modelo Freedom Infantil

O calor chegando...
Uma semana para envio;
Consulte numeração disponível;
Verão 2016,  peças limitadas;
Aceito cartões de crédito,  boleto via PagSeguro


23/09/2016

Havaianas com Búzios

Verão...
Búzios,  Conchas...
Meus amores... Tendência cheia de energia boooooa... ❤️❤️❤️
Venham assistir esta aula no YouTube...
Venham participar do sorteio que farei...
Beijinhos

20/09/2016

Como Furar Sola de Chinelo com Agulha de Crochê ou Máquina


Quer aprender a furar uma sola de chinelos Havaianas ou outro para fazer crochê?
vídeo aula explicando o Passo a Passo de como furar com agulha de crochê ou com máquina Micro Retífica.
Espero que vocês gostem ...
Logo logo o vídeo aula deste calcanhar com crochê e pedrarias passo a passo;
Inscrevan-se no canal para você ser comunicado de novos vídeos lançados no YouTube;
Venha participar do sorteio que acontecerá logo, logo .

Grande abraço

19/09/2016

Barefoot - Tendência Para Nossos Pés



Um curioso acessório tem chamado a atenção nas areias brasileiras neste verão: as barefoot sandals. Com um quê indiano, meio boho e hippie chic, as “sandálias descalças” fazem sucesso em eventos na praia. Elas podem ser usadas com sandálias ou com os pés descalços.


As chamadas barefoot sandals surgem em versões ainda mais artesanais, acompanhadas de pedras, flores, renda, couro e pingentes e combinam muito com o nosso verão. Sozinhas ou sobre sandálias e sapatilhas, elas valorizam os sapatos e podem transformar o look.
Por aqui, o acessório passou a receber mais atenção depois que a blogueira Camila Coutinho, do Garotas Estúpidas, postou uma foto usando o acessório enquanto passava as férias em Fernando de Noronha. Mas em São Paulo, a empresária Gisele Andrade, da loja online O Santo Casamento, conheceu as barefoot sandals quando ainda morava nos Estados Unidos, em 2011. “Sempre gostei muito de trabalhos manuais, coisa que aprendi com minha mãe. Em 2012, quando voltei para o Brasil, decidi abrir um estúdio de artes com ela”, explica.
Começou a observar o acessório em casamentos na praia e decidiu investir nesse produto com a técnica de macramê. Juntas, mãe e filha criam um portfólio de produtos para noivas de forma 100% artesanal. Cada par das suas barefoots sandals custa entre R$ 78 e R$ 129, dependendo do tipo de confecção e materiais aplicados. E na hora de usá-las vale tudo: sozinhas, com flats ou salto alto…


Fonte: http://topview.com.br/materia/tendencia-aos-seus-pes/


15/09/2016

Havaianas Puro Luxo com Pedrarias e Peças Banhadas




O calor chegando...
Uma semana para envio;
Consulte numeração disponível;
Verão 2016, peças limitadas com banho de ouro. 
Aceito cartões de crédito, boleto via PagSeguro

Havaianas Modelo Flat com Pedrarias

O calor chegando...
Uma semana para envio;
Consulte numeração disponível;
Verão 2016,  peças limitadas com banho de ouro.
Aceito cartões de crédito,  boleto via PagSeguro

14/09/2016

Havaianas Modelo Top com Pedrarias

O calor chegando...
Uma semana para envio;
Consulte numeração disponível;
Verão 2016,  peças limitadas com banho de ouro.
Aceito cartões de crédito,  boleto via PagSeguro

13/09/2016

Havaianas Modelo Slim com Pedrarias

O calor chegando...
Uma semana para envio;
Consulte numeração disponível;
Verão 2016,  peças limitadas;
Aceito cartões de crédito,  boleto via PagSeguro

Havaianas Modelo Slim com Pedrarias

O calor chegando...
Uma semana para envio;
Consulte numeração disponível;
Verão 2016,  peças limitadas;
Aceito cartões de crédito,  boleto via PagSeguro

12/09/2016

Havaianas Modelo Flat Macramê e Pérolas

O calor chegando...
Uma semana para envio;
Consulte numeração disponível;
Verão 2016,  peças limitadas;
Aceito cartões de crédito,  boleto via PagSeguro

Havaianas com Pedrarias Peça Banhada

O calor chegando...
Uma semana para envio;
Consulte numeração disponível;
Verão 2016,  peças limitadas;
Aceito cartões de crédito,  boleto via PagSeguro

11/09/2016

Homens no Crochê

  Estou muito feliz em ver tantas notícias, fotos, vídeos de homens quebrando barreiras, preconceitos, uns guerreiros, parabéns a cada um de vocês ! 

Quero estudar este tema e ajudar contribuindo para a quebra de mais este preconceito do mundo em que vivemos. 





Homem na Agulha: Porque não tem nada de errado em ser homem e fazer tricô e crochê


Duas agulhas e uma ideia na cabeça: reaproximar os homens do bordado.
A primeira vez que Thiago Rezende se dedicou às linhas e lãs foi durante um trabalho para a faculdade de artes visuais, pouco mais de seis anos atrás. O crochê só viria em março de 2012, por conta de uma exposição de design em que ele participou no SESC Pompeia, na zona oeste de São Paulo. Daí para criar o projeto Homem na Agulha e sair por aí com aulas práticas – que ele gosta de chamar de intervenção – foi tudo muito rápido.

O Thiago é esse aí da parte inferior da foto. E esse "tapetão" é uma das obras dele
Contestar a imagem de que a atividade é feminina não estava no pacote inicial. A ideia era explorar o trabalho manual e usá-lo para criar arte e peças de decoração.
Mas olhares desconfiados surgem quando Thiago Rezende retira as agulhas enormes da sacola, se senta numa praça e passa fazer os pontos das peças.
Ele jura que nunca passa disso. Em geral, mesmo os homens, sentem-se à vontade com a função com poucos minutos. “Em Jacareí, teve um dia com dez homens por lá. Em meia hora eles pegaram o jeito e perceberam que é gostoso. Que é uma bobagem ficar com isso de ‘atividade para homem’ e ‘atividade para mulher’”.

No começo, o tricô era uma coisa meio solitária para o Thiago

Pode parecer coisa nova, mas Thiago não inventou a roda. O espanto é parte de um componente cultural. Se a imagem mais comum para boa parte das pessoas é a da avó bordando, é bom lembrar que ainda há muitos lugares onde são os homens os artesãos. Bordar era, aliás, coisa para homem inicialmente. Segundo a revista portuguesa Magazine, a coisa é bem antiga:
Ninguém sabe como ou onde surgiu o tricô, apesar de as peças mais antigas – datadas de 1200 d.C. e feitas em ponto meia, um dos mais básicos – terem sido descobertas no Egito, entrelaçadas com a ajuda de agulhas de osso ou madeira. Já nessa altura eram os homens que tricotavam, usando o fio que as mulheres produziam manualmente com a roca de fiar.
 

O Luiz (dir) chegou para dar um novo gás no Homem na Agulha
  • Luiz Cambuzano é amigo de Thiago de longa data. Os dois trabalharam juntos em exposições no SESC anos atrás. Mas agora perambulam juntos para divulgar o trabalho e o bordado. Santo André, São Paulo e Jacareí já foram visitadas. Outras tantas cidades estão por vir. Em Portugal, por exemplo, os homens já começaram a quebraram essa barreira. Por que não funcionaria aqui? E ao que parece, a atividade é terapêutica e capaz de beneficiar corpo e a mente.
    Brasil Post conversou com os dois homens da agulha sobre um pouco disso tudo:
    Brasil Post: Como é que funciona o trabalho e de onde veio a ideia?
    Felipe: O Thiago começou a ser chamado para fazer intervenções. A gente chama de intervenção essa uma ação de tricotar num determinado lugar. Porque as pessoas não tem hora para chegar nem para sair. Também não tem exatamente o que aprender. A pessoa dispõe o tempo que ela tem. Se a pessoa já souber (tricô ou crochê), pode chegar e fazer no tempo que ela tiver. Se não souber, a gente ajuda, ensina, conversa... Tenta fazer ela entender e se interessar. Como esse material que as pessoas criam durante a intervenção, produzimos um objeto. Mas é um objeto mais artístico mesmo. Não é um roupa, uma colcha, um tapete.
    O Thiago tem agulhas do tamanho de cabos de vassouras. A ação performática é feita para chamar a atenção mesmo. Também tem o fato de ser homem. Isso sempre chama a atenção das pessoas e o desejo de discussão em torno desse trabalho.

    De onde nasceu a ideia e o nome do projeto? Tem um certo estigma que diz que tricotar é coisa de mulher?
    Thiago: Aprendi a fazer crochê e tricô e acabei me especializando em crochê porque ele é mais versátil. Dá para criar desde formas tridimensionais até trabalhos planos. Mas foi estranho até para mim. Já era artista plástico e me formei em 2009. Trabalhava e tudo. Só em 2012, quando comecei a fazer um pouco de crochê. Experimentava os pontos e eu mesmo me achava estranho segurando aquela agulha. É tido como uma coisa muito feminina. Depois me acostumei a aprendi a usar bastante no meu trabalho. E passei a inserir o crochê e o tricô na minha produção de arte.
    E como é para os homens que se aproximam de vocês?
    Thiago: Hoje percebo que para as pessoas é o mesmo que aconteceu comigo. Primeiro é estranho, mas depois eles percebem que não tem influência alguma. Eles percebem que a gente não está brincando de fazer crochê. Uma coisa que sempre falo nas intervenções é o quanto é cultural. Se você nasce numa cidade que o homem faz tricô você não pensa nisso. Antes, o homem fazia o crochê e a mulher fazia o fio. Depois isso foi mudando, mas ainda há cidades com muitos artesãos. Se você cresce numa cidade dessas não é novidade nenhuma. Mas em São Paulo ainda tem essa coisa do estigma.
Fonte: http://www.brasilpost.com.br/2015/06/28/homens-na-agulha_n_7676208.html

Havaianas com Pedrarias Banhadas

O calor chegando...
Pronta entrega...
Consulte numeração disponível
Aceito cartões de crédito,  boleto via PagSeguro

Meninas se quiserem aprender a customizar estas lindas Havaianas com pedrarias, convido-lhes a conhecer meu canal no YouTube onde tem vários vídeos aulas com diferentes formas de fazê-las 

10/09/2016

Havaianas com Pedrarias Banhadas





  • Meninas olha que luuuxo!
  • Verão chegando, hora de colocar os pés de fora, embelezar ainda mais eles!!! 
  • Venham escolher a sua!!
  • Peças limitadas verão 2016

Havaianas Modelo Top com Pedrarias

Havaianas customizadas com pedrarias de excelente qualidade,  peças banhadas.
Vendas através Loja no Elo7, link aqui no blog
Aceitamos cartões de crédito, boletos.
Venha nos conhecer!

09/09/2016

Havaianas Crochê com Búzios Contas






  • Gatíssimas, uma tendência muito forte para o verão, Búzios, em seus biquínis, bolsas, pulseiras, colares, e chinelos para dar aquela volta charmosa na praia, piscina.
  • Se quiser aprender, venha assistir ao vídeo do YouTube acima.

08/09/2016

Crochê Ponto Maravilhoso


  • Ponto digno do nome " MARAVILHOSO ";
  • Aprenda a fazer ele e entender certinho a contagem dos pontos para o mesmo ficar perfeito!
  • Convido-lhe à assistir esta aula, ponto lindo para mantas de bebês, ponchos, chales  e outras peças. 






  • Lindo, lindo para enfeitar e deixar mais aconchegante o quarto de seu bebê, sua sala e outros ambientes ; 
  • Peça à venda, me contacte pelo WhatsApp 12 9 81166464;
  • Se quiser aprender a fazer, vem assistir esta aula no meu canal do YouTube, terei satisfação em receber você lá!


Havaianas customizadas com Búzios e Conchas e fio de Rami






  • Gente linda, olha que tendência mais linda, os búzios, despojados e cheio de energia boa;
  • Peças à venda, me chame pelo WhatsApp 12 9 81166464;
  • Ou se quiser aprender a fazer, vem assistir esta aula no YouTube no vídeo acima, espero você!